Educonomia

EVANDRO BRANDãO BARBOSA Economia, Educação, Sociedade e História

Donald Trump e lula

A campanha do empresário americano Donald Trump para concorrer à presidência dos Estados Unidos tem causado preocupação no meio financeiro e econômico do país. O centro do capitalismo americano, Wall Street, aponta para incertezas na economia norte americana, que poderão afetar de alguma forma a economia mundial, caso Trump seja eleito presidente. Entre as expectativas de [...]

Evandro Brandão Barbosa

A campanha do empresário americano Donald Trump para concorrer à presidência dos Estados Unidos tem causado preocupação no meio financeiro e econômico do país. O centro do capitalismo americano, Wall Street, aponta para incertezas na economia norte americana, que poderão afetar de alguma forma a economia mundial, caso Trump seja eleito presidente. Entre as expectativas de incertezas consequentes da vitória de Trump estão: 1. O rompimento das relações da Casa Branca com o Congresso; 2. Aumento de impostos para os ricos; 3. Início de uma guerra comercial contra a China; 4. Interferência na Política Monetária do Banco Central Americano. Essas expectativas crescem diante dos discursos de Trump. Para Greg Valliere, da empresa Horizon Investments, “o mercado não gosta de incerteza”. Quando a incerteza não é produzida pelo mercado não há controle e nem monitoramento das ações dos agentes envolvidos; consequentemente, essa incerteza não é sadia, por isso o mercado não gosta desse tipo de incerteza. É uma incerteza não desejada e não produzida pelo mercado. Trata-se, nesse caso, de incerteza resultante de ideias de quem tem o poder de decidir política e economicamente sobre negócios da política, das finanças, da economia e das relações exteriores; Trump terá esse poder se assumir a presidência dos Estados Unidos. Nos seus discursos, Trump faz improvisos sobre assuntos complexos e estruturais de negócios e de economia desde o início da sua campanha eleitoral. De denúncias em relação aos altos salários dos executivos e a ganância dos banqueiros às vantagens tributárias dos ricos administradores de fundos de Wall Street, Trump não poupa palavras duras que prenunciam instabilidade no mercado capitalista, no qual as diferenças e a acumulação de renda privilegiam o trabalho não produtivo. Ao explorar o tema imigração, Trump criticou o processo atual nos Estados Unidos, no qual grande quantidade de imigrantes ilegais se transforma em oferta de mão de obra barata para muitas empresas nos Estados Unidos. Trump também anuncia uma guerra comercial contra a China e discorda da forma como este país e o Japão costumam manipular o valor das suas moedas para a obtenção de vantagens comerciais. Trump não faz promessas para solucionar problemas de desigualdade social, mas ao criar expectativas de incertezas àqueles que possuem estabilidade financeira dentro e fora dos Estados Unidos e às relações comerciais vantajosas apenas para alguns, o pré-candidato às eleições norte americanas incita poderosos do capitalismo mundial a planejarem estratégias na tentativa de anular as possibilidades de vitória rumo à Casa Branca. O seu próprio Partido não vê com bons olhos as abordagens de Trump durante os discursos. A incerteza vislumbrada por Wall Street, caso Donald Trump seja eleito Presidente dos Estados Unidos, ainda não preocupa os brasileiros tomadores de decisões políticas e econômicas. No Brasil, a incerteza possui outro contexto; e como a época agora, pós-carnaval, é preparatória para a comemoração da Semana Santa, os brasileiros vivem a incerteza de qual será o pescado a ser consumido apesar da escalada inflacionária crescente. Uma certeza já está posta em relação ao prato a ser servido na Sexta-feira Santa dos brasileiros: não haverá lula na maioria das mesas, mas em algumas poucas serão servidos camarões, lagostas, ostras, bacalhau, salmões, pargos e atuns.

Leave a Reply

Serão rejeitadas mensagens que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto do d24am.com. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores.